sábado, 30 de junho de 2012

Plano de Deus para a vida humana 1

           No Evangelho de Lucas encontramos estas palavras de Jesus Cristo: "Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na sua Glória? E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras".
           Estas palavras disse o Divino Salvador logo após a sua ressurreição.  Nelas podemos ver grandes ensinamentos para a vida cristã.  Um deles é que tudo a respeito do Filho de Deus estava escrito. Com efeito, os profetas da mais remota antiguidade vaticinaram detalhadamente sobre aquele que, em tempo oportuno devia vir ao mundo como Redentor da criatura humana.
              De fato, o ministério de Jesus não foi acontecimento que se planejasse de um dia para outro, ou que se resolvesse realizar de improviso.  Tudo sobre sua vida estava registrado, vindo o Filho de Deus para cumprir com exatidão as previsões divinas.
              Outra grande verdade que aqui descobrimos é a conveniência do padecimento, morte e ressurreição do bendito Salvador dos homens.  E essa conveniência se explica na base das necessidades humanas.  Para Jesus mesmo não haveria necessidade de tal padecimento.  Sendo Ele o Senhor da vida, em seu próprio benefício não precisaria submeter-se à ignomínimia da morte.
             Foi o amor pelo homem perdido o fator determinante do sacrifício do Verbo de Deus.  Eis o que afirmou mais tarde o apóstolo São Paulo: "Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores" (Romanos 5: 8).
continua...

Aposentadoria

O idoso aposentado
vai sempre diminuindo
e, por isso o seu provento
vai cada ano sumindo. 

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Desigualdade social

Gigantismo de salário,
só pra quem está no comando.
Aumenta o próprio salário,
deixa a plebe lambiscando. 

Salários extras sem fim,
só para os mandatários,
mas o povo, cá embaixo,
no máximo, treze salários.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Brado retumbante

Tire da Pátria a favela
num brado: Progresso, avante!
Faça do país colosso,
agora, também gigante.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Desfavelar é lucro

O desfavelar é lucro
pois traz progresso e união,
e o próprio favelado
paga a sua habitação.

Na medida em que a favela,
com seus tentáculos avança,
mais despesas pro Tesouro
no setor de segurança.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Pra que?

Favela! Pra que favela?
Povo sofrido e carente.
Esse colosso gigante
comporta toda essa gente.

O Brasil clama, solícito
por novas comunidades
Eis aí um desafio
- Ministério das Cidades. 

domingo, 24 de junho de 2012

Favela e criança

O mal da vida em favela
não é só para o presente.
Criança que ali habita
traz os resquícios na mente. 

Conhecer a favela

Pra se conhecer favela,
não precisa lá entrar.
Basta ter alma sensível
- o invisível penetrar.

Falo do que bem conheço.
Já entrei numa favela.
Não há papel e nem tinta
que possa bem descrevê-la.